Psicoterapia

O meu enfoque

Esgotado(a)? Angustiado(a)? Confuso(a)? Triste? Com sentimento de culpa? Tem a sensação de já ter tentado tudo e não conseguir sair de uma espécie de ciclo vicioso? A vida põe-nos por vezes à prova a tal ponto que nos é difícil ver a luz ao fundo do túnel… Uma coisa é certa: vivemos apenas uma vez! Daí a importância de nos cuidarnos de forma a estarmos em paz com nós próprios. Ao depararmo-nos sempre com os mesmos obstáculos, pode ser útil consultar um psicólogo. Este poderá nos ajudar a efetuar um balanço da situação e nos guiar numa introspeção.

Como dizia Milton E. Erickson, a vida acarreta sofrimento mas cabe a cada um de nós encontrar/trabalhar em direção à felicidade. O meu trabalho consiste em ajudá-lo(a) a explorar os seus recursos internos de forma respeitosa, sem preconceitos e com toda a segurança. Aquando das primeiras consultas, terá a oportunidade de conhecer a minha forma de trabalhar e eu do meu lado poderei avaliar se o(a) posso ajudar. Se decidirmos de trabalhar em conjunto, teremos então sessões regulares de 45 minutos. Tudo isto será discutido e decidido em conjunto. Quanto ao número de sessões que serão necessárias, não lhe posso responder uma vez que cada caso é um caso e cada pessoa tem o seu ritmo diferente e o meu ritmo será o seu.

A minha abordagem é integrativa, existencial e positiva. Na minha perspetiva é importante ir além da questão patológica pelo que é fundamental trabalhar os recursos individuais que são por norma extramente ricos. Interesso-me particularmente pela depressão, traumas de infância, doença de familiar (física ou mental), desenraizamento/expatriamento, burnout e dificuldades no trabalho, questões ligadas à infertilidade, luto perinatal assim como todas as outras situações de luto e de perda de alguém próximo, etapas da vida e acompanhamento de uma pessoa em situação terminal. Além da psicopatologia, interesso-me pela psicologia positiva, em particular em tudo o que possa contribuir para uma vida mais serena. Yoga, meditação, filosofia zen e gratidão fazem parte da minha lista de interesses pessoais e fontes de inspiração.

O meu percurso

O meu percurso de vida passa por seis países Europeus (Portugal, Luxemburgo, França, Espanha, Bélgica e Inglaterra). Após obter o diploma de tradutora (ISTI) realizei o sonho que tinha desde os meus onze anos: ser psicóloga clínica (ULB) e psicoterapeuta (GERCPEA, autorização n° 2016.06.012/PSYCHO do Colégio Médico).

Domino cinco línguas: Português, Francês, Inglês, Luxemburguês e Espanhol) e o meu percurso profissional é bastante diversificado: vários anos em psiquiatria social ambulatória (Le Canevas, Réseau Psy Psychesch Hëllef Dobaussen), vários anos no Service médico do Parlamento Europeu, psiquiatria hospitalar, consultório privado (inicialmente na Place d’Armes, posteriormente em Belair e nos dias de hoje em Helmsange/Walferdange), com os alunos de enfermagem e auxiliares de enfermagem (LTPS) e no Planning Familial. Continuo a investir na minha formação profissional, participo regularmente em sessões de supervisão e conto com aproximadamente 15 anos de psicoterapia pessoal. Trabalho de acordo com o Código Deontológico dos Psicoterapeutas do Colégio médico e sou membro da Sociedade Luxemburguesa de Psicologia (SLP) desde 2007.

Informações práticas

As minhas consultas são individuais para adultos e jovens com idade igual ou superior a 14 anos (aquando a primeira consulta a presença dos pais é obrigatória). As marcações são efetuadas exclusivamente por telefone (+352 691 40 10 20). Por uma questão de respeito para com os meus pacientes, durante as consultas não atendo chamadas pelo que deverá deixar mensagem (de voz ou sms) indicando por favor o seu nome e número de contacto para que possa telefonar-lhe logo que esteja disponível. Dou consultas igualmente aos sábados.